• 29 NOV 17
    • 0
    Desnutrição no Câncer – o que fazer?

    Desnutrição no Câncer – o que fazer?

    A desnutrição no paciente oncológico pode não só ter impacto negativo sobre a qualidade de vida, mas também levar a interrupção do tratamento e interferir no tempo de sobrevida.
    As dificuldades com a alimentação são causadas por diversos fatores, como o tipo de câncer, a localização, o tratamento e os efeitos colaterais, além de fatores emocionais, socioeconômicos e culturais, porém um aconselhamento nutricional intensivo pode ajudar a melhorar o estado nutricional e minimizar os efeitos negativos.
     
    Além do ajuste alimentar, com medidas para melhorar a densidade nutritiva e energética das preparações alimentares, uma das estratégias nutricionais utilizadas para pacientes desnutridos ou em risco de desnutrição é a Terapia Nutricional Oral, que consiste no uso de suplementos nutricionais orais, em pó para reconstituição ou líquido pronto para uso. Essa estratégia é indicada quando a ingestão alimentar não atingir 60% das necessidades nutricionais e o trato gastrintestinal estiver funcionando. Em pacientes que irão se submeter a cirurgia de grande porte, a terapia nutricional no período perioperatório com adição de nutriente imunomodulador, de 5 a 7 dias antes da cirurgia, é benéfica pois reduz a incidência de complicações e o tempo de internação, devendo ainda ser mantida durante a recuperação no pós-operatório por 5 a 7 dias também.
     
    Procure um profissional nutricionista para te orientar melhor.
     
    Escrito por Anamaria Barros dos Santos – Nutricionista / Equipe Onkos
    Deixe uma resposta →

Deixe uma resposta

Cancelar resposta

Photostream